Valve está perdendo cerca R$ 200 milhões por mês com o Counter-Strike 2

Prejuízo? A desenvolvedora registra US$ 50 milhões a menos em caixas.

Nos últimos dias, a Valve tem implementado diversas atualizações no Counter-Strike 2, principalmente com o intuito de corrigir alguns bugs presentes no jogo. Apesar do esforço para aprimorar a experiência dos jogadores, a empresa enfrentou quedas financeiras significativas, registrando uma perda de aproximadamente US$ 50 milhões devido aos problemas no FPS.

Com a média de jogadores em declínio, houve uma redução de 80 mil jogadores em novembro em comparação com outubro. Como resultado direto, o número de caixas abertas também sofreu uma diminuição substancial. Em outubro, as pessoas abriram 45,1 milhões de caixas, mas no mês seguinte, esse número caiu para apenas 24,8 milhões. As informações foram tiradas do site CS:GO Cases Tracker.

Os constantes surgimentos de bugs e a escassez de novidades contribuíram para uma diminuição do interesse dos jogadores no CS2. O lançamento oficial do FPS foi apressado, resultando em um jogo que não estava totalmente preparado para ser lançado.

Além disso, quando a Valve lança uma atualização importante, frequentemente se faz necessário realizar ajustes imediatos na próxima, devido à presença contínua de erros. Por fim, a comunidade percebe o lançamento em setembro mais como uma tentativa de cumprir uma data prometida do que como o lançamento de um Counter-Strike 2 verdadeiramente pronto.

Capa: Reprodução

Leia Mais:

Siga o Portal Counter-Strike no Instagram, TikTok, Twitter e YouTube e fique por dentro de tudo que acontece no universo do game.

Compartilhe:

Recomendado Para Você