Técnico de equipe classificada para a BLAST Showdown foi banido por usar cheater

Hardwell, treinador da Vitória Zigzag, no centro de um escândalo por uso de cheat.

A equipe Victory Zigzag vem de um momento muito delicado. O Joel “Joel” Holmlund foi banido pela ESIC depois da polêmica envolvendo apostas, sendo substituído pelo técnico para equipe atuar pela Blast European Showdown. Agora se viu novamente no centro de uma controvérsia. Ivan “Hardwell” Alekseev, o treinador do time, foi banido no FACEIT por suspeita de uso de cheats.

O russo tentou justificar sua situação alegando que estava jogando em um cybercafé e que outra pessoa estava utilizando sua conta. Entretanto, em meio às circunstâncias que envolvem a equipe, poucos parecem dispostos a aceitar essa explicação.

Toda a comunidade agora aguarda uma decisão da BLAST, já que o Victory Zigzag se classificou de forma surpreendente para o torneio, derrotando equipes online consideradas mais fortes e renomadas. Na época, essas conquistas já haviam gerado dúvidas sobre a integridade da equipe, com alegações online de que estavam usando um radar. No entanto, até o momento, não foram apresentadas evidências concretas para sustentar essa acusação.

Nas estatísticas atuais de Hardwell, seu ELO estava em 3697, com um total de 4123 partidas e uma média de KD de 1.23, além de uma impressionante taxa de vitória de 62%. Contudo, o capitão do Victory Zigzag já declarou que não pretende mais participar de torneios com a formação atual da equipe, devido à polêmica.

Esta não é a primeira vez que a equipe Victory Zigzag se envolve em controvérsias. Anteriormente, jogadores como Kirill “Boombl4” Mikhailov e Denis “deko” Zhukov os acusaram de uso de radar durante eliminatórias para o IEM Sydney 2023.

A equipe, que conta com Dmitry “Propleh” Senigov, um russo que trabalhava como taxista em Veliky Novgorod antes de ingressar na equipe em agosto, estava programada para competir no BLAST Premier: Fall Showdown 2023. Porém, com estas histórias, não se sabe o futuro da equipe no campeonato. Este torneio acontece de forma online, entre 4 a 8 de outubro, envolve oito equipes competindo por um prêmio de US$ 67,5 mil, e uma vaga no BLAST Premier: Fall Final 2023.

O destino da equipe Victory Zigzag permanece incerto, com uma série de questões e controvérsias que envolvem seu nome no cenário competitivo de CS:GO. A comunidade de esports continuará a acompanhar de perto o desenrolar dessa história em constante evolução.

Capa: Reprodução

Leia Mais:

Siga o Portal Counter-Strike no Instagram, TikTok, Twitter e YouTube e fique por dentro de tudo que acontece no universo do game.

Compartilhe:

Recomendado Para Você