Snappi rasga elogios ao MIBR após jogo disputadíssimo

O IGL da ENCE elogia a MIBR em entrevista pós-jogo

O MIBR passou por mudanças significativas durante o período de pausa dos jogadores, incorporando André “drop” Abreu e Rafael “saffee” Costa à sua equipe. Desde então, a equipe competiu na Gamers8, CCT North Europe e CCT Online Finals. A ESL Pro League representa a quarta competição da equipe e demonstrou uma notável evolução em comparação com os torneios anteriores.

Em sua estreia, eles conquistaram uma vitória impressionante sobre a MOUZ, atualmente classificada em 11º lugar no Ranking da HLTV, com um placar de 2 a 1. Logo em seguida, enfrentaram a ENCE, onde os brasileiros sofreram uma derrota, mas protagonizaram uma série emocionante que poderia ter terminado a seu favor. Levando dois mapas para a prorrogação, Vertigo e Anubis, a organização finlandesa, atualmente em 4º lugar no Ranking da HLTV, precisou suar a camisa para sair vitoriosa da série.

Após a partida, Marco “Snappi” Pfeiffer, o IGL da ENCE, se juntou à equipe de análise para conversar com os narradores do torneio. Segundo o dinamarquês, o MIBR teve um desempenho muito melhor do que o esperado. A ENCE teve um desempenho notável recentemente, chegando à final de todas as últimas quatro competições que disputaram, vencendo a IEM Dallas 2023 e ficando em segundo lugar na ESL Challenger Katowice, IEM Cologne e Gamers8 de 2023.

“Eles definitivamente jogaram muito melhor do que nós esperávamos. Claro que também poderíamos ter jogado melhor, mas podemos dizer que o MIBR jogou muito bem, mérito deles, poderiam ter vencido. Eles foram muito bem e eu acredito serem um dos melhores times que enfrentamos nessa temporada, com exceção da G2 e da Vitality. Foram muito bem, jogaram um excelente CS”, afirmou Snappi.

O Saffe e Felipe “insani” Yuji foram os grandes destaques da partida, contribuindo significativamente para o sucesso da equipe em vários rounds.
O torneio conta com a participação de 32 equipes competindo pelo título, e até o momento, a
FURIA já garantiu sua vaga nos playoffs, enquanto a Imperial aguarda o desfecho do Grupo B para estrear no torneio do Grupo C. A competição oferece uma premiação total de US$ 850 mil, além de vagas para as finais do Blast Worlds de 2023 e a IEM Katowice de 2024.

Capa: Snappi durante a IEM Cologne 2023 | @zuzunnatalia

Leia Mais:

Siga o Portal Counter-Strike no Instagram, TikTok, Twitter e YouTube e fique por dentro de tudo que acontece no universo do game.

Compartilhe:

Recomendado Para Você