s1mple critica duramente Counter-Strike 2 depois de algumas partidas

Oleksandr “s1mple” Kostyliev crítica CS2 por lags e delay

Com a nova atualização do beta do Counter-Strike 2, alguns jogadores estão comentando do que estão vendo até o momento. Um deles, o Oleksandr “s1mple” Kostyliev, que voltou a jogar ativamente em suas lives, criticou como está a versão beta, ainda com lags e delays.

“Ainda não sei o que dizer sobre o CS2. Eu não gosto muito disso. Há alguns lags, por**. Delay. (…) Pessoal, o que está acontecendo? Meu jogo travou. Que diabos é esse jogo mesmo? O que estamos jogando, pelo amor de Deus? Um cara atira do nada, e tudo começa a lagar. Isso é uma merd*.”

Além disso, ele ainda comenta que “se a Valve, se vocês querem tornar este jogo, granadas e distribuição bonitos, precisam trazer de volta o ‘jumpthrow’.”

Outro jogador que também já comentou foi o Nikola “Niko” Kovac, da G2, que concentrou sua atenção no novo formato de partida MR12, aquele com 12 rodadas por half, introduzido no CS2. Ele compartilhou que, como jogador que sempre esteve acostumado com partidas MR15, a mudança traz incertezas. Niko comentou que não sabe se essa alteração seria benéfica ou prejudicial para o jogo, sugerindo ser preciso observar como ela se desenrolará.

Já o Ricky “floppy” Kemery, da Complexity, utilizou o Twitter para detalhar suas impressões iniciais do CS2. Ele mencionou questões relacionadas à mecânica de disparo, movimentação, duração das granadas de fumaça e outros elementos que chamaram sua atenção. Suas análises forneceram uma visão aprofundada dos aspectos técnicos do jogo.

“Pensamentos sobre o CS2 nas poucas partidas que joguei: o spray parece aleatório, puxar a mira para baixo não parece bom.  As fumaças duram um pouco mais do que o necessário (…) algo parece estranho quando as pessoas fazem ‘peeking’ (parece que as pessoas estão correndo e atirando, não tenho certeza se isso se deve às pernas dos modelos se movendo.

Em 2 de setembro, s1mple acabou conhecendo o seu ELO de 19.565 após 10 vitórias, colocando-o na 473ª posição do ranking mundial. Comparativamente, outros jogadores de destaque já ultrapassaram a marca dos 24.000. Olof “olofmeister” Kajbjer, por exemplo, ficou em 1.784º lugar com 17.630 de ELO.

Essas primeiras impressões dos profissionais do Counter-Strike são cruciais para entender como o CS2 está sendo recebido pela comunidade competitiva. À medida que mais jogadores se aventuram no novo cenário, é possível que surjam mais opiniões a respeito e descobertas sobre o jogo.

Capa: s1mple durante a IEM Cologne 2023 | @theMAKKU

Leia Mais:

Siga o Portal Counter-Strike no Instagram, TikTok, Twitter e YouTube e fique por dentro de tudo que acontece no universo do game.

Compartilhe:

Recomendado Para Você