Chegada do Counter-Strike 2 faz ESL cancelar torneios que eram realizados há quase 20 anos

Decisão da ESL sinaliza mudanças significativas no cenário competitivo de CS:GO

A ESL, uma das principais organizadora de torneios de Counter-Strike, anunciou recentemente o encerramento de seus Campeonatos Nacionais do FPS da Valve. Esta decisão, que entrará em vigor antes do lançamento de Counter-Strike 2, foi comunicada pela empresa em 15 de setembro.

A justificativa apresentada pela empresa para essa medida é a evolução da cena competitiva de CS:GO ao longo dos anos. O foco nos ecossistemas nacionais do jogo, juntamente com a abordagem de “sistema sem fronteiras” baseada em torneios online pan-regionais, levou a problemas de compatibilidade em diferentes propriedades da ESL Pro Tour.

Os países afetados por essa mudança incluem Benelux, França, Espanha e Turquia, que não terão mais a oportunidade de realizar suas temporadas finais ainda este ano. Em contraste, Brasil, Austrália, Nova Zelândia, Alemanha, Polônia, Reino Unido e Irlanda terão a chance de participar da última temporada em 2023 antes do encerramento definitivo das operações em 2024.

É importante destacar que as equipes polonesas e alemãs ainda terão a oportunidade de competir nos eventos emblemáticos da ESL, o IEM Katowice e o IEM Cologne, que acontecerão em seus respectivos países de origem.

Embora a ESL tenha afirmado que ainda haverá espaço para competições regionais e nacionais, esse não será mais o foco principal da empresa. Essa mudança na direção dos Campeonatos Nacionais de CS marca o fim de uma era de 20 anos, durante a qual esses torneios desempenharam um papel fundamental no desenvolvimento das cenas e equipes locais de esports.

Essas mudanças não são as únicas que impactam o ecossistema da ESL no Counter-Strike. Em agosto, a Valve anunciou que o Counter-Strike 2 terá um circuito aberto em 2025, e que os organizadores de torneios, incluindo a ESL, não terão mais “relações comerciais exclusivas” com as equipes participantes. Isso significa que a ESL perderá a capacidade de firmar parcerias com organizações para convites diretos a seus eventos, como a ESL Pro League.

O futuro dos e-Sports está em constante evolução, e essas mudanças indicam que a ESL está se adaptando para continuar desempenhando um papel importante na cena competitiva. Os fãs, jogadores e personalidades, no entanto, podem sentir saudades dos Campeonatos Nacionais de CS que ajudaram a moldar a história do jogo.

Capa: Troféu do Brasil Premier League | Bruno Alvares/BBL

Leia Mais:

Siga o Portal Counter-Strike no Instagram, TikTok, Twitter e YouTube e fique por dentro de tudo que acontece no universo do game.

Compartilhe:

Recomendado Para Você