Atualizado: Veja quem ocupa o primeiro lugar no ranking do modo Premier do CS2 em cada região

Veja quem lidera o ranking de cada região.

A entrada do novo competitivo, o modo Premier, já faz duas semanas com as classificações regionais e mundial. Até o momento, meio milhão de jogadores receberam seu ranking pós-calibração, então já da para identificar os melhores jogadores da versão beta.

Vale ressaltar que essas classificações podem mudar a cada minuto, já que os jogadores continuam a competir e a ganhar ou perder Elo. Além de que há possibilidade de mais jogadores que possam receber convites e podem mexer nestas listas. O que mais se destaca é que, no ranking mundial, não nenhum jogador europeu. Por ser uma das regiões mais competitivas e ser nivelado por cima, isso acaba justificando já que é mais difícil um jogador ter uma taxa alta de vitória. E a região com mais representantes é a Ásia, embora tenham surgido relatos de possível cheaters.

Surpreendentemente, o único grande nome no top 10 mundial é o jogador do banco da Evil Geniuses, Vincent “Brehze” Cayonte. A primeira posição é ocupada por Leslie “Bobosaur” Soen, um ex-jogador profissional aposentado de Cingapura, que ostenta uma impressionante taxa de vitória de 98%, 143 vitórias e 35.427 pontos Elo. É importante notar que a região asiática, excluindo a China, é geralmente considerada mais fraca em termos de competitividade.

Reprodução: Reprodução

Já o top 10 dos melhores jogadores do CS2 em regiões como Europa, América do Norte, América do Sul e outras apresenta uma dinâmica diferente. Na Europa, o primeiro lugar é ocupado por Puigzin, um jogador semi-profissional de Portugal, que teve uma participação limitada em torneios de nível 3-4. A segunda posição é de Tsvetelin “CeRq” Dimitrov, ex-jogador da Evil Geniuses. Observa-se também a presença de diversos jogadores do leste europeu entre os melhores.

Na América do Norte, o título de melhor jogador pertence a Tweaky, que, no entanto, atuou pela última vez na equipe TT TEAM. Na América do Sul, NotJuanjo, outro jogador semi-profissional, ocupa a primeira posição, destaque para os jogadores Alexandre “ALLE” Santos, ex-Paquetá e que atua pelo UNO MILLE, Caike “caike” Costa, sem organização, e o treinador bicampeão mundial Wilton “zews” Prado. Na África, Chappy, da equipe Royalty, detém o título de melhor jogador, enquanto na Austrália, p00chy é o líder, sendo seu último jogo com a SWMG.

Mesmo que muitos desses jogadores sejam amadores ou semi-profissionais, é notável que todos eles tenham pelo menos uma vez competido em partidas oficiais. Esse cenário evidencia a diversidade de talentos e a complexidade da cena competitiva do CS2, enquanto a comunidade aguarda ansiosamente pelo progresso desses jogadores em um ambiente de jogo em constante evolução.

Europa

Reprodução: Reprodução

América do Norte

Reprodução: Reprodução

América do Sul

Reprodução: Reprodução

África

Ásia

Reprodução: Reprodução

Austrália

Reprodução: Reprodução

China

Reprodução: Reprodução

Capa: Reprodução

Leia Mais:

Siga o Portal Counter-Strike no Instagram, TikTok, Twitter e YouTube e fique por dentro de tudo que acontece no universo do game.

Compartilhe:

Recomendado Para Você